Caí, e não simples e dolorosamente, mais. Foi tanta a queda que a memória está cravada na minha pele, torta e visível. Porém no final perdoo. Dessa vida não se leva rancor, só marcas, pois essas são pra lembrar e sempre que acordo, recordo.

Caí, e não simples e dolorosamente, mais. Foi tanta a queda que a memória está cravada na minha pele, torta e visível. Porém no final perdoo. Dessa vida não se leva rancor, só marcas, pois essas são pra lembrar e sempre que acordo, recordo.

Colorido. Algumas músicas a mais, um gole de algo quente e paixão. Não sei se deveria, mas me colori de você. Te gravei pelo meu corpo, e até meus olhos já mudaram de cor. Tento depois tirar esse tom, borrão de batom e tudo mais que me sujou, porém como você já se foi, te marco em mim, só para não esquecer o me fez. O que te fiz. Largo tudo e vou em busca de superação.
(Ideia e ensaio realizado por @heyangonese , @jeanbortoleto e @viniciuscilli )

Colorido. Algumas músicas a mais, um gole de algo quente e paixão. Não sei se deveria, mas me colori de você. Te gravei pelo meu corpo, e até meus olhos já mudaram de cor. Tento depois tirar esse tom, borrão de batom e tudo mais que me sujou, porém como você já se foi, te marco em mim, só para não esquecer o me fez. O que te fiz. Largo tudo e vou em busca de superação.
(Ideia e ensaio realizado por @heyangonese , @jeanbortoleto e @viniciuscilli )

Eu queria o mundo e ninguém me deu.
Não pedi por um mundo tão grande como esse. Só queria um do tamanho que eu pudesse cuidar.
E se eu o tivesse, nele caberia tudo que amo. Eu não amo muito.
Eu queria um mundo, mas ninguém me deu, nem eu.